Relaxação e massagem

A Saúde Através da Relaxação e Massagem

A relaxação é uma busca constante do nosso corpo. É uma aprendizagem paciente que exige um grande desejo de paz interior.

Aprender a relaxar os pensamentos é o mesmo que libertar os pensamentos.

Aprender a libertar os pensamentos é deixá-los à vontade, vê-los a desaparecer e aparecer livremente. Daqui se conclui que a tomada de consciência de nós mesmos é condição fundamental de uma verdadeira relaxação.

É fundamental ter consciência que cada músculo, cada articulação, cada fibra, contém uma mensagem, uma palavra que te ajudará a encontrar um dia o equilíbrio.

O corpo tem tendência para se dissipar, quando estiver demasiado tempo negligenciado e abandonado, a relaxação, será uma aproximação calma, o inicio de um longo diálogo conosco.


OBJETIVOS DOS EXERCÍCIOS DA RELAXAÇÃO

1) Manter uma boa função reguladora.

2) Aprender a distribuir de uma forma equilibrada as energias.

3) Reduzir os consumos físicos e psíquicos ao máximo.

A relaxação é um método preventivo, certos casos de doença muito avançada encontram-se fora do alcance da relaxação.

Muito indivíduos sofrendo de doenças benignas, de dores crônicas, poderão voltar a recuperar a saúde graças à relaxação; pois, às vezes, basta um simples desbloqueio de energia acumulada por um grupo muscular para voltar a sentir a alegria de viver.

A relaxação abrir-lhe-á as portas do conhecimentos interior. As riquezas são inesgotáveis e suscitarão novos prazeres.

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA RELAXAÇÃO

1) Aprenda a dominar o seu corpo.
2) Conhece o seu corpo para relaxar de uma forma saudável.
3) Aprenda a gostar de si e sinta a leveza da sua respiração.
Tenha consciência que a relaxação não substitui os tratamentos médicos, mas sim apenas os ajuda a ter mais êxito.

A RELAXAÇÃO DESENVOLVE UM SENTIDO PRATICAMENTE DESCONHECIDO: O Sentido do Equilíbrio

1) Seja qual for a hora e o local em que se encontre, estenda-se no chão.

2) Deixe os seus braços tranqüilamente estendidos ao longo do seu corpo, com as palmas das mãos viradas para cima ou para baixo, como melhor lhe convir.

3) Os pés, ligeiramente afastados um do outro, e as pernas não se encostam uma à outra.

4) Feche lentamente os olhos.

5) Permaneça atento ao que vai aparecer dentro de si, emoções, sensações físicas, pensamentos, imagens, recordações e desejos.

6) Não interrompa a imaginação, permaneça tanto tempo quanto lhe for possível neste estado de lucidez passiva.

7) A próxima vez que se estender começará a percorrer as múltiplas regiões do seu corpo: a cabeça, o tronco, os membros superiores, o peito, o tórax, a bacia, as pernas e os pés.

8) Isto quer dizer que, de certo modo, colocará a sua consciência nesta ou naquela parte do seu corpo, que permanece completamente imóvel.

9) Aperceber-se-á, de ondas escaldantes que aparecem num braço, num pé, enquanto que os pontos explorados noutras zonas se encontram gelados. Sentirá grandes correntes de energia em certos pontos, enquanto que outras zonas permanecem na sombra privados de energia e luz.

10) Agora está a descobrir o seu corpo. O seu corpo deixou de ser um companheiro ignorado dos seus mais variados empreendimentos.

11) É apenas trabalhando os pontos favoráveis que poderá recuperar as partes do corpo afetadas.

12) A relaxação não é um castigo.

13) Aprenda a sorrir, a fazer caretas, a olhar para o espelho, a mover a sua vida com o seu próprio movimento.

14) Coma devagar.

15) Sinta o gosto dos alimentos.

16) Veja as pessoas a correrem, repare na precipitação delas, no seu enervamento, nos rostos completamente crispados.